Hipertensão: Quanto tempo os remédios demoram para controlar efeitos da doença?


  • +A
  • -A

Como a hipertensão é uma doença que dificilmente provoca sintomas, seguir as recomendações médicas sobre como utilizar os medicamentos e adotar hábitos de vida mais saudáveis são de extrema importância para evitar complicações, como o infarto e o AVC. Respeitar as orientações de um especialista torna o tratamento mais eficaz e ajuda a evitar problemas, já que cada medicamento tem um período para efetivamente controlar os efeitos da doença.

 

Medicamentos para hipertensão começam a fazer efeito em 40 minutos

 


De acordo com a cardiologista Caroline Nagano, o tempo de ação dos medicamentos depende se a administração é feita via oral, a forma mais comum, ou diretamente na veia. “Pela via oral, cada medicação pode ter seu tempo de início e de pico variados, porém levam em torno de 40 minutos, em média, para começar a fazer efeito agudo”, afirma a especialista.

Já para que o medicamento cause um efeito crônico, ou seja, de controle efetivo da pressão arterial, é preciso mais tempo. “Em média, são necessárias quatro semanas para avaliar o efeito da medicação no organismo, tempo necessário para ele fazer as modificações e entrar em equilíbrio”, explica a profissional.

 

Anti-hipertensivos de ação rápida são utilizados para emergências

 


Levando em consideração esse tempo, o médico pode receitar um remédio de ação mais rápida para um paciente cujo quadro é mais grave, quando abaixar a pressão com maior rapidez se faz necessário. No entanto, este tipo de situação não é o mais comum, ocorrendo geralmente em casos de emergência e em setores de terapia intensiva. Caroline diz que a diminuição abrupta da pressão pode provocar até mais prejuízos que o aumento.

A ação dos medicamentos nem sempre é a mesma, variando de acordo com a classe a qual a medicação pertence. “Cada um age em uma via do nosso organismo que está envolvida com o aumento pressórico, como rins, hormônios, sistema nervoso, vasos sanguíneos, já que a hipertensão é uma doença multifatorial”, ressalta a médica. Muitas vezes, é preciso mais de um medicamento para obter o controle da pressão, atuando em diferentes sistemas do corpo.

 

Dra. Caroline Nagano é cardiologista formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos e atua em São Paulo. CRM-SP: 145246

 

Foto: Shutterstock

TAGS
cardiovascular
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Hipertensão: Quanto tempo os remédios demoram para controlar efeitos da doença?"

naim hamad 78

bom dia, há 6 anoa minha pressão 14, medico receitou lozartana 25mg, daí foi para 17, voltei ao medico,insistiu na continuação daí parou 22…daí não tomei mais o remedio…derepente precisei medicação, receitaram captopril 25 2x d.usei 36 dias não melhorou muito, 19 um dia 18 outro dia, causou cosseira no anus..parei de tomar,no 3 dias parou a cosseira…cosseira é uma alergia, bula diz no caso de alergia não use o remedio…como fico srs da midicina²agradeco qualquer resposta Naim

Cuidados Pela Vida

Olá Naim. O seu caso é bem atípico. Já pensou em procurar outro médico para ter uma segunda opinião sobre qual o melhor tratamento para o seu caso?
Abraços

Daniel Ramos Muniz

Fui diagnosticado com hipertensão à 2 anos, tomo losartana de 50mg 2x ao dia e atenalol 25mg 1x a noite, mas também venho sofrendo de transtorno de ansiedade muito forte, as vezes minha pressão estar 10/7 9/6, fico sonolento o dia todo, as vezes minha pressão sobe, meu coração dispara por causa da crise de ansiedade. Será que meu transtorno de ansiedade pode estar me causando hipertensão nesses dois anos, pq todos os dias eu passo mal, ou quando é com sonolência e cansaço mútuo, ou comas dores de cabeça que eu sinto, me dê uma luz.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.