Como funcionam os medidores de pressão? As versões domésticas são confiáveis?


  • +A
  • -A

No Brasil, cerca de 24% da população sofre com problemas de pressão alta. Os dados preocupantes são resultado de uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde em 2012. O número de brasileiros hipertensos tem aumentado nos últimos anos e, por isso, é preciso ficar atento aos hábitos alimentares e se exercitar com frequência.

Para medir a pressão, seja em casa, no consultório médico ou numa farmácia, são utilizados medidores de pressão arterial. Chamados de esfigmomanômetros, eles comprimem as artérias do corpo para quantificar as medidas de pressão máxima, quando há contração do músculo do coração, e mínima, quando há relaxamento desse mesmo músculo, chamadas na medicina de sístole e diástole.

Estes aparelhos podem ser colocados nos braços e também nos pulsos e nas pernas, uma vez que as artérias fazem parte de um sistema fechado e as medidas são replicadas ao longo dos membros. Entretanto, para o médico cardiologista Benjamin Farbiarz Segal, os braços são a parte do corpo que produzem o resultado mais confiável.

Manuais e digitais: conheça os tipos de medidores

Os medidores de pressão se dividem em dois grupos: os manuais e os digitais. Os manuais possuem uma bolsa de ar que deve ser inflada pelo usuário ou pelo médico e o resultado é aferido por meio dos sons do fluxo sanguíneo entre a pressão máxima e mínima, captados pelo uso de um estetoscópio. Já nos digitais, a bolsa de ar é inflada automaticamente a partir do toque de botões e os dados são informados diretamente no visor.

De acordo com Segal, as versões domésticas são confiáveis na maioria dos casos. “Temos excelentes marcas no Brasil, mas é importante que os aparelhos tenham o selo do Inmetro e sejam chancelados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia”, explica. O resultado correto da medição, segundo o médico, depende do posicionamento correto do aparelho e da pequena distância entre o medidor e o coração.

Como medir a própria pressão

Para aferir corretamente a pressão arterial, o cardiologista recomenda que o paciente fique de 20 a 30 minutos em repouso, não coma e não beba café ou refrigerante por alguns minutos antes. É indicado também que permaneça sentado e posicione o membro a ser utilizado na altura do coração.

 

Benjamin Farbiarz Segal é cardiologista, formado pelo Hospital Israelita Albert Einstein e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 52.80252-2

 

TAGS
cardiovascular
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Como funcionam os medidores de pressão? As versões domésticas são confiáveis?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.