Sem sintomas, professora aposentada descobre que é hipertensa em consulta de rotina


  • +A
  • -A

A hipertensão é uma das doenças mais frequentes entre os brasileiros. Segundo o Ministério da Saúde, são 30 milhões de pessoas com pressão alta no país, número que, somado à falta de sintomas da doença, resulta em muitos diagnósticos tardios e um alto risco de complicações, como AVCs e infartos.

 

Hipertensão é uma doença silenciosa

 

“A hipertensão arterial crônica não tem sintomas e esse é o perigo”, afirma a cardiologista Caroline Nagano. “Muitas vezes, o paciente passa anos com a pressão arterial elevada sem ter esse conhecimento”. No entanto, a saúde dos vasos sanguíneos, do coração e dos rins se deteriora progressivamente.

Suely M. Grinaldi levava sua vida normalmente até descobrir, durante uma consulta com o médico de confiança da família, que sua pressão arterial estava acima dos níveis considerados saudáveis. A moradora de São Paulo nunca apresentou qualquer sintoma, mesmo tendo trabalhado como professora durante muitos anos, uma profissão bastante estressante e desafiadora.

 

Atividades físicas ajudam a estabilizar a pressão arterial

 

Depois do diagnóstico, a aposentada de 69 anos logo iniciou o tratamento, mas demorou até encontrar a abordagem certa para seu caso. “Tem aproximadamente 15 anos que eu descobri que sou hipertensa. Tentei vários medicamentos, mas nenhum deles deu muito certo. Com este novo tratamento consegui controlar a pressão”, afirma Suely.

Hoje, a paulistana segue à risca as recomendações médicas para ter uma boa qualidade de vida: “Eu faço atividades físicas e faço atividades domésticas. Agora, posso dizer que tenho uma vida bem saudável”. Além dos exercícios, controlar o peso e a alimentação também são medidas importantes para pacientes hipertensos e envolvem evitar sal em excesso, comidas muito gordurosas, bebidas alcoólicas e energéticos.

 

Dra. Caroline Nagano é cardiologista formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos e atua em São Paulo. CRM-SP: 145246

Foto: Shutterstock

TAGS
avc
alimentacao
cardiovascular
coracao
infarto
pressao-alta
sal

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Sem sintomas, professora aposentada descobre que é hipertensa em consulta de rotina"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.