Qual é a importância da manutenção do medicamento na esquizofrenia?


  • +A
  • -A

Quadros de esquizofrenia são tratados com a combinação de medicamento específico e psicoterapia, sendo o remédio o principal componente. É ele que de fato garante a remissão dos sintomas e, consequentemente, a estabilidade do quadro. Além da prescrição e uso do fármaco em si, é fundamental que o tratamento seja seguido à risca. Em geral, parar de tomar a medicação significa aumentar consideravelmente as chances de piora.    

 

Uso de remédio e remissão dos sintomas da esquizofrenia

 


“A manutenção do tratamento farmacológico com antipsicóticos diminui a expressão dos sintomas da esquizofrenia, reduzindo também as taxas de recaída. Aproximadamente 70% de pacientes tratados com qualquer antipsicótico alcançam a remissão”, informa a psiquiatra Ana Cláudia Ducati.

Os principais sintomas da esquizofrenia são delírios e alucinações, além de comportamento e pensamentos agitados e desorganizados. As causas ainda não são inteiramente conhecidas, mas a doença aparenta ter componentes genéticos e ambientais.

 

Tempo de tratamento com remédio que combate a esquizofrenia

 


A médica explica que não existe uma diretriz sobre tempo de uso da medicação, mas que estudos mostram que somente um ou dois anos não seriam o suficiente. “É importante frisar que pacientes estáveis, quando mantidos com antipsicótico, têm uma taxa de recaída muito mais baixa do que aqueles que têm seus medicamentos descontinuados”, avalia.

No curso da esquizofrenia, há períodos de exacerbações e remissões. Após cada recaída (novo surto psicótico), a deterioração do funcionamento basal é cada vez maior. Ou seja, o ideal é evitar a repetição desses surtos. O uso correto das medicações ajuda nesse sentido e, por isso, deve ser uma prioridade.

 

Dra. Ana Claudia Ducati Dabronzo é psiquiatra geral e da infância e adolescência, formada pela Universidade de São Paulo (USP). CRM: 150.562

 

Foto: Shutterstock

TAGS
esquizofrenia
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Qual é a importância da manutenção do medicamento na esquizofrenia?"

Maria do Socorro Martins Lima

Obrigada, esta explicação me ajudaram muito.

Cuidados Pela Vida

Olá Maria do Socorro, ficamos felizes que você tenha apreciado a matéria. Abraços.

Sebadtiana gomes de morais

Eu tenho esquizofrenia,tenhi uma filha de 11 anos sinto que ela vem se queixado de sintonas esquizofrénico. Que devo fazer?

Cuidados Pela Vida

Olá Sebastiana, procure um médico o quanto antes para que ele possa fazer uma avaliação com sua filha. Abraços

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.