Qual a diferença de resistência entre um osso saudável e um com osteoporose?


  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença que afeta todos os ossos do corpo e atinge, principalmente, asiáticos, mulheres na menopausa, pessoas magras, baixas e de pele branca, pessoas que se expõem pouco ao sol, sedentárias e que consomem cigarro e bebidas alcoólicas com regularidade.

Os ossos do corpo se recompõem com o tempo e, para isso, utilizam minerais como o cálcio. Ao longo dos anos, a velocidade de absorção dessas substâncias é reduzida, o que propicia o surgimento e desenvolvimento da osteoporose. A doença é responsável pelo comprometimento da arquitetura óssea, diminuindo a densidade mineral dos ossos.

Cuidados no dia a dia

“Com a deterioração, o osso torna-se frágil, podendo ocorrer fraturas por trauma leve. Em relação à resistência de um osso normal para um osteoporótico, um pequeno trauma ou uma torção leve pode danificar o osso, o que não ocorre num osso normal”, afirma o ortopedista e traumatologista Lucio Nakada. Situações corriqueiras, como agachar, levantar um objeto ou tropeçar e cair podem causar uma fratura.

Para manter a saúde do corpo e a qualidade de vida é importante manter os ossos fortes. Nakada explica como isso é possível: “Exercícios físicos associados a banhos de sol fortalecem muito os ossos, junto com o tratamento de outras doenças e alterações hormonais que causam a osteoporose”, explica.

Busca por ossos mais fortes

Entre as mudanças hormonais que ajudam no surgimento da doença está a queda da produção de estrógeno a partir da menopausa. Ele é um hormônio feminino, mas também encontrado no corpo masculino, que auxilia na proteção dos ossos. Além da reposição de estrógeno, para combater a osteoporose é importante aumentar o consumo de vitamina D e de cálcio.
Dr. Lucio Nakada é ortopedista, traumatologista e atua em São Paulo. CRM-SP: 87965

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Qual a diferença de resistência entre um osso saudável e um com osteoporose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.