Mulheres que sofrem menopausa precoce correm mais risco de ter osteoporose?


  • +A
  • -A

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a osteoporose atinge mais de 10 milhões de pessoas no Brasil. A doença compromete silenciosamente a saúde do esqueleto humano, enfraquecendo os ossos até o surgimento de fraturas, que atrapalham a locomoção e tornam mais difícil a realização de simples atividades do dia a dia.

Menopausa precoce acelera a osteoporose

 

Apesar de também ser diagnosticada em homens, são as mulheres depois da menopausa que compõem a maioria dos casos. A menopausa geralmente se inicia a partir dos 40 ou 50 anos, mas há exceções que merecem atenção. “A menopausa precoce pode acelerar o processo de desenvolvimento da osteoporose”, afirma o ortopedista Lucio Nakada.

A menopausa precoce é aquela que se inicia antes dos 40 anos, seja por causa de doenças, da retirada dos ovários ou naturalmente. A falta de estrogênio no corpo, hormônio produzido pelos ovários, é característica desse período e impede a absorção de cálcio e enfraquece os ossos mais rapidamente.

Como evitar a osteoporose na menopausa precoce

 

“Alguns cuidados podem evitar a osteoporose nesses casos, como controle endocrinológico e ginecológico frequentes e, se possível, reposição hormonal”, recomenda o especialista. Se não for possível, ele indica uma alimentação balanceada com banhos de sol e exercícios físicos.

A menopausa precoce pode provocar ainda outros problemas capazes de colocar a saúde em risco, como doenças cardiovasculares, perda de memória, alterações no humor e depressão, especialmente por causa da falta de estrogênio. Por isso, é fundamental que mulheres que entraram na menopausa precocemente procurem auxílio médico.

Dr. Lucio Nakada é ortopedista e traumatologista e atua em São Paulo. CRM-SP: 87965

Foto: Shutterstock

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Mulheres que sofrem menopausa precoce correm mais risco de ter osteoporose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.