Colágeno: suplemento pode fazer a diferença no seu tratamento para osteoartrite


  • +A
  • -A

A osteoartrite é uma doença associada ao envelhecimento do corpo, que provoca o desgaste das articulações com o passar dos anos. O problema tem a dor e o inchaço das articulações como principais sintomas e uma das substâncias que, em falta, influencia o desenvolvimento e uma possível piora da osteoartrite é o colágeno.

Cartilagem óssea tem colágeno em sua composição


O colágeno faz parte da formação da cartilagem. Quadros inflamatórios de repetição da articulação pioram a qualidade deste colágeno e podem piorar o quadro de osteoartrite”, afirma o ortopedista e traumatologista Mauricio Raffaelli. Sem o colágeno em quantidades adequadas, a cartilagem não consegue exercer sua função, que é de proteger as articulações dos atritos provocados pela movimentação do esqueleto.

O colágeno é construído pelo seu corpo a partir do consumo de proteínas adquiridas da carne vermelha, do frango, de queijos e do ovo, por exemplo, mas sua fabricação diminui com o envelhecimento do corpo, especialmente nas mulheres. Além da atuação importante nas cartilagens, o colágeno também está presente na sua pele e no cabelo, tornando-os mais resistentes.

Suplementação de colágeno previne e alivia os sintomas da osteoartrite


A suplementação de colágeno prescrita pelo seu médico, associada a outras formas de tratamento, pode, além de prevenir a osteoartrite com o passar dos anos, 
aliviar os sintomas da doença, sendo uma grande aliada. “Hoje em dia, o entendimento do tipo de colágeno que faz parte da cartilagem faz com que o médico prescreva a suplementação correta de colágeno”, diz o profissional.

Além dessa dose extra para seu organismo, existem ainda outras medidas que são importantes para o tratamento do quadro de osteoartrite, como perder o excesso de peso. “Tratar doenças inflamatórias, como a artrite reumatoide, evitar grandes esforços articulares e usar outros condroprotetores, como a glicosamina, são métodos de tratamento da doença”, recomenda o médico.

Dr. Mauricio de Paiva Raffaelli é ortopedista, traumatologista e especialista em cirurgia de ombro e cotovelo e atende em São Paulo. CRM-SP: 101523

Foto: Shutterstock

TAGS
ossos
osteoartrite

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

7 comentários para "Colágeno: suplemento pode fazer a diferença no seu tratamento para osteoartrite"

Carmem

Realmente o colágeno deve ser um complemento para o resto da vida, e realmente melhora muito, aliviando as dores e nos devolvendo os movimentos.

zenaide

estou sem convenio e sinto muitas dores pelo corpo todo ombro pe mao e principalmente os joelhos quase ñ ando direito e agora me apareceu uma dor no osso da bunda e quadril estou querendo comprar um cálcio por minha conta mas estou com um pouco de receio pois nunca tomei e são tantos a minha alimentação esta bem desiquilibrada….há ñ sei o que fazer vivo tomando antiflamatorio ñ aguento mais

vania martins

ola.. eu faco tratamento de artrite reumatoide, e gostaria de saber qual a importância do colágeno no tratamento, e a dosagem certa ,,pois tenho 51 anos, no meu caso tem atingido os dedos das mãos. aguardo uma resposta.obrigada.

Cuidados Pela Vida

Olá Zenaide, somente o médico é o profissional habilitado para avaliar sua queixa e prescrever o produto adequado. Orientamos a buscar uma unidade de saúde próximo de sua residência. Melhoras.

Cuidados Pela Vida

Oi Vania, o colágeno fortalece as cartilagens, estruturas que servem como um “amortecedor”, impedindo o atrito entre os ossos durante o movimento. Orientamos você a realizar uma consulta com o médico especialista, pois somente ele poderá indicar a dose e o medicamento adequado para o seu tratamento. Abraços.

Elen

Olá. Tomo um suplemento, pois faço exercícios de alta intensidade, que contém colágeno na composição. Mas tomava também o colágeno em pó a parte. Pode?

Cuidados Pela Vida

Oi Elen, a quantidade ideal diária de colágeno a ser ingerida varia de pessoa para pessoa. O cálculo deve ser realizado de acordo com o peso de cada um, você pode realizar uma consulta com um nutricionista para que possa orientá-la sobre a quantidade ideal para o seu caso. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.