O açúcar de coco pode ser usado por diabéticos ou também deve ser evitado?


  • +A
  • -A

O consumo de açúcar por diabéticos ainda é um assunto que levanta muitas dúvidas, feitas tanto por pacientes quanto por suas famílias. No entanto, uma coisa é certa: os diversos tipos de açúcar não precisam ser retirados da alimentação, mas devem ser ingeridos moderadamente. E esta medida inclui o açúcar de coco.

 

Açúcar de coco deve ser usado sem exageros por diabéticos

 


Segundo a endocrinologista Daniele Zaninelli, os cuidados com o açúcar de coco são semelhantes à precaução com o consumo do açúcar normalmente utilizado na cozinha, o refinado: “Pessoas com diabetes podem usar o açúcar de coco, mas não devem tratá-lo de forma diferente do açúcar normal. Ele fornece muitas calorias e carboidratos, assim como o açúcar normal: cerca de 15 calorias e quatro gramas de carboidratos por colher de chá”.

Ao procurar pelo produto em mercados, é importante verificar os rótulos nutricionais e ler a lista de ingredientes. Alguns açúcares de coco à venda podem ser misturados ao açúcar de cana e a outros ingredientes que contêm carboidratos, podendo aumentar a taxa glicêmica dos pacientes, dependendo dos outros alimentos disponíveis na refeição.

 

Entenda o que é o açúcar de coco

 


De acordo com Daniele, o açúcar de coco é feito da seiva que é extraída do coqueiro. É composto de ferro, zinco, potássio, magnésio, além das vitaminas B1, B2, B3 e B6. “O sabor do açúcar puro de coco é semelhante ao do mascavo. Para fins de cozimento, tem uma temperatura de fusão muito baixa e uma temperatura de queima extremamente alta para que possa ser usado no lugar do açúcar em produtos cozidos”, explica a especialista.

A médica explica ainda que os fabricantes de açúcar de coco exaltam seu baixo índice glicêmico, a medida que indica o quanto um alimento altera o índice de glicose no corpo, afirmando que o produto é uma escolha melhor para pessoas com diabetes que o açúcar refinado. Entretanto, a endocrinologista diz que os números do índice glicêmico do açúcar de coco podem variar dependendo da fonte e, por isso, os diabéticos devem consumir apenas em moderação.

 

Dra. Daniele Zaninelli é endocrinologista formada pela Universidade Federal do Paraná e atua em Curitiba. CRM-PR: 16876

 

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
diabetes
glicose
insulina

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "O açúcar de coco pode ser usado por diabéticos ou também deve ser evitado?"

Maria

Meu tsh deu 6.000 minha glicose em jejum deu 101 gostaria de saber se aminha glicose esta alterada por causa da tireoide

fatima tideman

Fiz o exame de glicemia em jejum o resultado foi 210, fiz a glicada o resultado foi 9,4. sou diabetica a 23 anos ainda não faço uso de insulina ainda tomo remedios, Gostaria de saber se ha possibilidade de fazer transplante de pancreas, se já existe essa possibilidade.Att:Fatima.

Cuidados Pela Vida

Olá Maria, o ideal é realizar uma consulta com o endocrinologista para que ele possa realizar o seu diagnostico.Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Fatima, de acordo com o Ministério da Saúde o transplante de pâncreas isolado só é indicado para indivíduo portador de Diabetes Mellitus Tipo I, insulino-dependente, que apresente boa função renal.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.