Homens também podem sentir uma versão da depressão pós-parto?


  • +A
  • -A

A chegada de um filho é capaz de mudar completamente a vida de uma família. Novas responsabilidades, horários, noites mal dormidas e atenção 24 horas por dia mexem com o equilíbrio psicológico e físico dos pais. Depois que o bebê nasce, algumas mulheres sofrem com a chamada depressão puerperal, também conhecida como depressão pós-parto.

O que é a depressão pós-parto

Trata-se de uma síndrome que acomete a mãe logo após o nascimento do bebê. As mudanças hormonais abruptas associadas às transformações da rotina e preocupações que surgem com a nova realidade de vida contribuem para o desenvolvimento desse quadro, que costuma ter origem biológica.

Depois do parto, a mãe passa por um fenômeno natural, em que fica mais isolada, ansiosa e triste. Quando essa situação piora, surge a depressão pós-parto. “Nos casos mais graves podem surgir pensamentos suicidas e a mãe pode se tornar negligente em relação aos cuidados com o recém-nascido”, afirma o psiquiatra Eduardo Aratangy.

Com os pais é diferente

Mas e os homens? Eles também sofrem com o problema? Segundo o psiquiatra, apenas em parte. O profissional afirma que o homem não passa pelas mesmas mudanças corporais e hormonais que as mulheres. “Mas, toda a mudança que um recém-nascido traz, junto com alterações no relacionamento conjugal, a percepção das novas responsabilidades e a atenção quase exclusiva ao bebê podem sobrecarregar os pais e provocar depressão”, explica.

Para enfrentar o problema, o passo mais importante apontado por Aratangy é a união do casal. Além disso, ele ressalta que “contar com a ajuda de outras pessoas para diminuir o fardo das tarefas e reservar algum tempo para lazer e descanso, dormir e se alimentar bem são recomendações importantes”. Se o quadro se agravar ou se tornar duradouro, é necessário procurar ajuda médica para resolver o problema. O tratamento costuma usar medicamentos antidepressivos.

Dr. Eduardo Wagner Aratangy é psiquiatra, formado pela USP e atua em São Paulo. CRM-SP: 116020

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Homens também podem sentir uma versão da depressão pós-parto?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.