Quais são os riscos da angioplastia? Escolha do médico é fundamental!


  • +A
  • -A

Escolher um profissional capacitado para realizar um procedimento médico é essencial para obter bons resultados. Com a angioplastia não poderia ser diferente. Seu objetivo é desobstruir as artérias do coração com balões e stents e restaurar o fluxo sanguíneo, reduzindo a dor sentida pelos pacientes. E mesmo se tratando de um procedimento não cirúrgico e terapêutico, existe o risco de complicações.

Infarto é uma das complicações da angioplastia


Alergia, hematomas, sangramentos, arritmia cardíaca, infarto do miocárdio, insuficiência renal aguda, embolização de fragmentos do trombo e acidente vascular cerebral estão entre as possíveis complicações de uma angioplastia. É por isso que, depois que o procedimento for concluído, ter um médico atencioso, capaz de orientar e tirar todas dúvidas faz uma grande diferença.

“Os cuidados depois da angioplastia incluem um rigoroso acompanhamento com o cardiologista, principalmente nos primeiros seis meses, período no qual existe chance da obstrução voltar”, afirma a cardiologista Bruna Baptistini. Na recuperação, o paciente deve ser orientado pelo médico a ficar em repouso absoluto no leito por 12 horas e com a perna esticada, nos casos das punções realizadas na artéria femoral.

Quando a angioplastia é indicada e contraindicada?


De acordo com a profissional, a intervenção é indicada principalmente nos casos de angina (dor no peito), infarto agudo do miocárdio e evidências de isquemia no coração detectadas por algum exame. 

O especialista, no entanto, deve estar atento a algumas contraindicações que podem colocar em risco o sucesso da angioplastia, principalmente situações em que há impossibilidade técnica pela doença difusa das artérias coronárias e presença de distúrbios que prejudiquem a coagulação sanguínea e que predisponham a sangramentos excessivos ou à oclusão aguda do vaso tratado.

Dra. Bruna Cristina Baptistini é cardiologista formada pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e atua em São Paulo. CRM-SP: 145229

Foto: Shutterstock

TAGS
circulacao
coracao
dor-no-peito
infarto
sangue

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são os riscos da angioplastia? Escolha do médico é fundamental!"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.