O uso indiscriminado de descongestionantes nasais pode fazer mal à saúde?


  • +A
  • -A

Quem não conhece uma pessoa que é amiga praticamente inseparável de um de descongestionante nasal? Pois é, mas muita gente não sabe que o uso abusivo dos frasquinhos, que são sempre acionados para facilitar a respiração, pode ser perigoso para a saúde. Vamos entender mais um pouco sobre eles.

Por que é usado? Como funciona?

Ao aplicar o remédio no nariz, as gotinhas fazem os vasos contraírem e desincharem, permitindo mais espaço para a passagem do ar e, assim, dando uma sensação de alívio para as pessoas que sofrem, geralmente, com alguma obstrução nasal crônica ou recorrente. Um dos motivos para esse tipo de sintoma é a rinite alérgica, que é uma alergia a aeroalérgenos, como ácaros, fungos e poeira. “Mas também podem ser por uma polipose nasal ou desvio de septo que não são doenças alérgicas”, aponta a alergista Érica Azevedo.

Os descongestionantes nasais, que vão causar a redução do inchaço da mucosa, podem ser orais, em comprimidos, ou tópicos (em gotinhas), que são muito utilizados.

Vício, dosagem e efeitos colaterais

É muito comum ouvirmos que alguém está “viciado” devido ao uso repetitivo dos remédios durante o dia. Mas eles realmente viciam e fazem mal? Há alguma dosagem recomendada? Como qualquer medicação, a superdosagem e a utilização por tempos prolongados são prejudiciais e causam efeitos colaterais. Os mais comuns são queimação, ardência, espirros e aumento da secreção nasal.

“Não existe um vício propriamente dito, o que ocorre, na realidade, é que o uso por tempo prolongado pode levar a alterações da mucosa nasal, causando uma rinite medicamentosa, ou seja, perpetuando a obstrução nasal que leva ao uso da medicação. Na hora, funciona muito bem, mas pouco tempo depois o efeito passa e a obstrução volta, e novamente usa-se o remédio, e por aí vai… Por isso é importante não utilizar essas medicações de forma indiscriminada”, explica a Dra. Érica, que faz um alerta quando a repetição das doses é feita por crianças: “Há possibilidade de intoxicação, levando à depressão do sistema nervoso central, que pode ser bem grave”.

É sempre válido ressaltar que, apesar das muitas indicações de familiares ou conhecidos em geral, os descongestionantes nasais devem sempre ser receitados por um médico.

Dra. Érica Azevedo é alergista e imunologista pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai).  Atende em seu consultório na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro/RJ – CRM: 52-83907-8 –  ericaazevedo.com.br

TAGS
gripe
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O uso indiscriminado de descongestionantes nasais pode fazer mal à saúde?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.