Trabalhador da zona rural do Maranhão ganha qualidade de vida com tratamento para asma


  • +A
  • -A

A asma é uma doença crônica que provoca a inflamação dos brônquios e, por isso, dificuldade para respirar. Apesar da causa do problema ainda ser motivo de pesquisas e estudos, sabe-se que alguns fatores podem desencadear os sintomas ou até piorá-los. Entre eles estão fungos, ácaros, pólen, pelos, poeira, fumaça de cigarro, poluição ambiental e até mesmo mudanças do clima.

Antonio C. C. A., de 40 anos, trabalha como operador de máquinas na zona rural e descobriu que tem asma há pouco mais de um ano. “Eu não tossia, mas sentia muita falta de ar. Sempre gostei de jogar bola, mas quando começava a correr, logo sentia cansaço“, afirma o maranhense.

 

Tosse, falta de ar e dores no peito são sintomas da asma

 


A situação vivida por Antonio faz parte da realidade de muitos pacientes asmáticos por todo o Brasil, que veem os sintomas piorarem durante a prática de atividades físicas e nas estações mais frias. Durante uma crise, além da falta de ar, do cansaço e da tosse, a doença também pode provocar sudorese, broncoespasmos, confusão mental, dor no peito e ansiedade.

Quando começou a sentir os sintomas, o operador foi ao médico para se diagnosticar e tratar a asma. “O principal tratamento para asma consiste no uso de corticosteroides administrados por via inalatória. Os broncodilatadores de longa ação podem ser associados em casos mais graves”, afirma o pneumologista Luis Renato Alves. As mudanças positivas logo foram percebidas pelo maranhense, que viu sua saúde e disposição melhorarem.

 

Manter a casa limpa evita crises de asma

 


Além do tratamento medicamentoso, algumas outras medidas ajudam no controle da asma, como evitar a inalação de produtos de limpeza, manter a casa, tapetes e cortinas sempre limpos e trocar o colchão a cada cinco anos. Em busca de bons resultados, Antonio seguiu as recomendações do médico: “A fumaça e a poeira não me incomodavam, mas passei a evitar”.

 

Dr. Luis Renato Alves é pneumologista formado pela Faculdade de Medicina da USP e atua em Ribeirão Preto (SP). CRM-SP: 122744.

Foto: Shutterstock

TAGS
asma
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

26 comentários para "Trabalhador da zona rural do Maranhão ganha qualidade de vida com tratamento para asma"

neusa

gostaria de saber com mais detalhes o que ele fez que melhorou tanto sua qualidade de vida.porque tenho muita tosse,uso alenia de 12/12 horas

André Luíz

Olá. Eu estou no mesmo barco que a Neusa. Uso Alenia e tomo o máximo de cuidado com a casa no intuito de prevenir os alérgenos e mesmo assim a Asma não regrediu. O que Antonio fez que teve esse impacto tão grande ?

Marineide Pinto

É importante passar c um especialista, um alergista, a asma é uma doença inflamatória. Faço uso d Alenia, e tomo vacina uma vez por mês, p combater os agravantes da doença, q são: ácaros, poeira, mofo, pelos d animais e mudança d clima. Com o uso d vacina e a prática d esportes, esqueço q sou asmática!

Joseli

Há 4 anos tenho crises fortes de asma e em Abril desse ano descobri com biópsia e broncoscopia diagnóstico de Sarcoidose, uma doença pulmonar cronica incurável, estou em tratamento com corticóide, aerogold, clenil, Alenia. Mas meu cansaço, falta de ar são constantes mesmo com a medicação, não melhora nada. Alguma orientação a mais pra mim por favor!

Fatima

No agurdo

Jorge Fernando

Eu uso Alenia 12/400 me faz muito bem, mas gostaria de ter informações sobre essa vacina, usada para os agravantes da doença…como deve ser usada, se tem algumas contra indicações e o nome da vacina?

Amanda

Também uso Alenia e gostaria de saber dessa vacina também… infelizmente ainda não consigo esquecer da asma !

Rildo

Sou portador de DPOC e tomo Alenia há anos, o que tem controlado bastante as crises, mas gostaria de saber mais sobre outros possíveis tratamentos.

conceição

Tenho asma há 3 anos, uso alenia, predsin e montelair e não sinto melhora significativa. O que mais posso fazer para aliviar esse mal?

Joana

O que ele fez então, para ter uma resposta significativa? As mudanças positivas foram apenas com o uso de corticosteroides e as medidas outras normais?

Deijivan

Há mais de 25 anos tenho Bronquite e Asma. O segredo é usar um antialérgico Polaramine antes de dormir, o Alenia 12/400 duas vezes ao dia, Aerolin Spray 100 mcg/dose quantas vezes precisar durante o dia e, também Clenil HFA 250 mcg/dose cerca de 1 ou 2 vezes por dia. Se conseguir fazer natação pelo menos 2 vezes por semana, ajuda muito. Venho vivendo relativamente bem há pelo menos 15 anos, quando comecei a utilizar todos os medicamentos que mencionei. Detalhe: sou fumante, infelizmente.

Raquel Notari Siedler

Também sou portadora de DPOC. Faço uso de alenia 12/400, duovent e não sinto grandes melhoras. O que mais deveria fazer? Aguardo.

Sueli Neves da Cunha Silva

Uso Alenia 12/400 há uns 05 anos pelo menos, faço todos os cuidados com limpeza da casa porém ultimamente estou mesentindo muito cansada não estou aguentando caminhar, subir escadas logo me canso, chega a me dar mal estar de tanto cansaço…gostaria de saber sobre essa vacina que estão falando em varios comentários.

Rosilene

Tenho asma desde pequena ,tinha muitas crises tomava Aerolin,fiquei um bom tempo sem crise forte,mas quando engravidei do segundo filho fiquei muito mal visitas e visitas ao hospital,fui no pneumologista e tomei vacina e um inalador (contem fumarato de formoterol e budesonida )por cinco anos .Parei com a vacina( por ser cara) fiquei tomando alenia ,só quando tinha contato com alguns ácaros e perfumes,comecei exercitar na academia e parei com alenia.Primeiramente foi Deus que cuidou de mim,depois nos que temos asma ,não devemos viver afobados e na correria,o exercício físico e a vivência com Deus e o próximo é muito importante,nos faz conhecer nossos limites.

Regina

Percebi que muitos por aqui fazem uso do Alenia. Gostaria de compartilhar que, eu também já usei o Alenia, mas o Foraseq 12/400 (mesma droga e mesma dosagem que o Alenia), em mim e no meu filho, foi muito mais eficaz. Tenho asma há 45 anos e meu filho há 26 anos. Conversem com seus médicos sobre a possível troca de medicação, vale a pena.

floripes neta sonaque

Eu uso alenia a 5 anos e não senti mais falta de ar. Corro ,faço academia…

floripes neta sonaque

Eu uso alenia a 5 anos e não senti mais falta de ar. Corro ,faço academia…

Cuidados Pela Vida

Olá Neusa, o Antonio seguiu todas as recomendações médicas como evitar a inalação de produtos de limpeza, manter a casa, tapetes e cortinas sempre limpos e trocar o colchão a cada cinco anos. Abraços

Cuidados Pela Vida

Olá André, cada organismo pode reagir de maneira diferente de acordo com cada pessoa. Muitos fatores podem influenciar para que, no seu caso, a asma não tenha regredido. É importante que você mantenha sua rotina de exames e relate ao seu médico tudo o que sente. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Olá Rildo, o tratamento convencional consiste em medicação e mudança de hábitos. Infelizmente não podemos recomendar tratamentos alternativos. Abraços

Cuidados Pela Vida

Olá Conceição, procure evitar locais com fumaça, evitar também a inalação de produtos de limpeza, manter a casa, tapetes e cortinas sempre limpos e trocar o colchão a cada cinco anos. Abraços

Cuidados Pela Vida

Olá Joana. Sim, no caso do Antonio, seguir as recomendações médicas contribuiu efetivamente na melhora da qualidade de vida. Abraços

Ffloriano de Barros

Minha mãe fumou a vida toda, inclusive na minha gravidez, nasci com asma, alergia à cigarro, fumaça, mofo, fungos e aromas artificiais. O ventilador é o meu maior aliado, durmo com ele ventilando o dormitório. Com tempo seco durmo com umidificador ligado. Alenia 12/400 duas vezes ao dia alivia; se a crise estiver forte: Berotec spray, Polaramine 2 mg, Miflasona 400 mcg, CONFORME BULA. Aerolin spray funciona para alguns Berotec para outros, ESTUDE AS BULAS, ajuste doses COM CAUTELA, faça experiencias, o que funciona para um poderá não funcionar para outros. Não existem padrões gerais: tempo úmido, tempo seco, tempo quente, tempo frio: podem desencadear uma crise, alérgenos como cigarro, fumaça, polem, animais, cheiros, alimentos, perfumes, sabonetes, aromas, também podem desencadear crises. Observe os seus padrões, e evite o que desencadeia crises para você. Saiba identificar a chegada da crise, é mais fácil de dominar a crise se você se antecipar com os medicamentos certos. CONHEÇA SUA DOENÇA, SE INFORME.

Célio Alves

Eu descobri que sou asmático por volta dos 38 anos, vivia tendo crises, e tinha que recorrer a Alênia. Entretanto, a minha qualidade de vida melhorou substanciamente há 02 anos quando resolvi fazer natação, observação, não sabia nadar e aprendi. Desde então faço natação 03 vezes por semana e observei que é muito raro sentir falta de sentir as crises de falta de ar. Vou mais além, não foi só em relação a asma que minha qualidade de vida melhorou, tudo melhorou, minhas taxas, como glicose, triquicerídios, etc.Então, aconselho a natação, pois os benefícios são incalculáveis.

Cuidados Pela Vida

Olá Célio, obrigado por compartilhar sua história conosco! Parabéns pela recuperação. Abraços

Torres

Sou ex fumante, herdei bronquiectasia e agora em abril constatei a bronquite alérgica. Já usei seretides, alenia e outros os quais têm efeitos colaterais. Recomendaram-me ir para a homeopatia. Os efeitos são visíveis frente ao fato e a minha idade.Vou observar.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.