Por que a confusão e sonolência são sintomas graves para pacientes com DPOC?


  • +A
  • -A

A doença pulmonar obstrutiva crônica, mais conhecida como DPOC, é composta por uma série de lesões pulmonares que bloqueiam o fluxo de ar, o que torna difícil a respiração. Contudo, há sintomas ainda mais graves como a confusão e a sonolência. Ambos indicam que os níveis de dióxido de carbono no sangue estão perigosamente altos, o que exige um atendimento de emergência imediato.

“A confusão e a sonolência podem indicar uma piora do padrão da doença, uma vez que os pacientes com DPOC tendem a acumular gás carbônico no sangue. Isso é um sinal de gravidade chamado hipercapnia, o qual leva à acidose respiratória e à chamada narcose por CO2. Estes sintomas também podem indicar outro grave sinal que é a hipoxemia, ou seja, uma baixa quantidade de oxigênio no sangue”, explica a pneumologista Nilva Pelegrino.

Tratamento dificulta o aparecimento de confusão e sonolência


De maneira geral, os pacientes que seguem o tratamento para a doença da maneira correta não apresentam esses sintomas mais graves. “Nos pacientes adequadamente tratados os sintomas mais comuns são tosse e falta de ar leve. Confusão e sonolência estão mais ligadas a complicações da DPOC, podendo também estar presentes em doenças associadas e que devem ser investigadas, como a síndrome de apneia do sono”.

O tratamento para quem tem DPOC é baseado no uso de broncodilatadores, que são substâncias farmacologicamente ativas que promovem a dilatação dos brônquios. “Há vários broncodilatadores importantes e com bons efeitos no tratamento da DPOC. Os broncodilatadores de longa duração, por exemplo, são muito bem aceitos e utilizados. Alguns pacientes se beneficiam também da associação com corticoides inalatórios”.

Prática de exercícios físicos podem diminuir sintomas da DPOC


Para evitar que os sintomas da enfermidade se manifestem ou fazer com que, ao menos, sejam reduzidos, vale também apostar em hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e prática de atividade física. “A prática de exercícios orientada e supervisionada, chamada de reabilitação pulmonar, melhora muito a qualidade de vida e, às vezes, os sintomas dos pacientes com DPOC”.   

Dra. Nilva Regina Gelamo Pelegrino é pneumologista pela Unesp Botucatu e atua na Unimed de Ribeirão Preto/SP – CRM-SP: 88692

Foto: Shutterstock

TAGS
dpoc
respiracao
sono

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

9 comentários para "Por que a confusão e sonolência são sintomas graves para pacientes com DPOC?"

Cristiane

Minha mãe usou donila duo 10 por 15 durante 24 meses começou a sentir falta de ar e não consegue andar mais sozinha e fomos o exame e ela não tem alzaimer mas o médico não havia pedido o exame antes e também está muito sonolenta devo procurar um neurologista ou peneulmotorista?

Cuidados Pela Vida

Olá Cris, de acordo com seu relato aconselhamos que sua mãe realize uma consulta com os dois especialistas, pois poderão avaliar corretamente o quadro apresentado, solicitar exames específicos e indicar o tratamento adequado. Também orientamos que você entre em contato com nossa Central de Atendimento Aché através do telefone 0800 701 6900, de segunda à sexta-feira das 08h00 às 17h00, exceto feriados, ou através do e-mail cac@ache.com.br para relatar os sintomas informados por você enquanto sua mãe fazia uso do Donila Duo. Melhoras para sua mãe.

Sarah

Eu sempre fui disposta pra Tudo, odiava dormir e tals..Mas ultimamente estou com muito sono, embora eu durma na hora adequada, o médico disse que tenho um problema crônico no pulmão, que fica chiando e perguntou se eu tinha falta de ar. Na hora eu respondi que não. Mas depois eu comecei a reparar, e sim estou sentindo falta de ar. O que fazer?

Cuidados Pela Vida

Olá Sarah, a doença pulmonar obstrutiva crônica, mais conhecida como DPOC, é composta por uma série de lesões pulmonares que bloqueiam o fluxo de ar, o que torna difícil a respiração. O recomendado é que você retorne com o médico e informe sobre o sintoma de falta de ar, assim ele poderá indicar o tratamento adequado para o seu caso. Abraços.

Irani

Sou portadora de oxigênio por causa da DPOC só que a minha médica disse que tenho que usa 22 horas por dia mais a fisioterapia que vem todo mês ela baixo para 15 horas e agora só tenho médico em dezembro o que deve fazer pois estou com muito sono dores fortes no peito e nas costas tô inxando muito não sei o que fazer mim oriente por favor desde já agradeço

Marisa Borges

Sou asmática,uso alenia 12/400,as vezes me dá um sono, não é todo dia, faço algumas dietas alimentares.Gostaria de saber se asma tem cura?

Gloria Marta

Um médico me diagnosticou com DPOC pois tem época que fico muito cansada até ao falar e em outras não sinto o menor cansaço , então tenho fico na dúvida se realmente tenho a DPOC.

Cuidados Pela Vida

Oi Irani, não temos como mudar a prescrição do seu médico. O ideal é que você tente antecipar a sua consulta. Melhoras.

Cuidados Pela Vida

Olá Gloria, A falta de oxigenação atrapalha a liberação de energia para o corpo, o que acaba levando ao cansaço em pacientes com DPOC.Recomendamos que você realize uma consulta e converse com seu médico para seja esclarecida sua duvida em relação ao diagnostico. Estimamos Melhoras.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.