Asma: Por que ácaros causam crises respiratórias em pacientes asmáticos?


  • +A
  • -A

A asma é uma doença crônica responsável pela inflamação das vias aéreas, ou seja, o estreitamento dos brônquios. Os sintomas da asma são desencadeados quando o paciente entra em contato com substâncias estranhas ao corpo, como pólen, poeira, poluição, mofo, pelos de animais e até mesmo microrganismos, como ácaros, vírus e bactérias.

Ácaros, poeira e poluição irritam brônquios


Os ácaros são seres muito pequenos, vistos apenas por um microscópio, que habitam em travesseiros, tapetes e até no papel e conseguem entrar no corpo humano. O organismo de pessoas asmáticas é muito sensível ao contato com esses agentes invasores e, ao notar sua presença, inicia um processo de inflamação das vias aéreas, dando início a uma crise.

“A crise de asma é caracterizada por surtos de tosse, chiado no peito e falta de ar, sintomas que melhoram com o uso de broncodilatadores. Muitos pacientes pioram da asma durante o inverno”, diz o pneumologista Ciro Kirchenchtejn. Segundo o especialista, quem sofre com a doença deve se consultar com um médico para receber as orientações sobre uso de medicação e medidas preventivas, antes da chegada da estação mais fria do ano.

Manter os ambientes limpos ajuda a evitar crises de asma


Quem permanece muito tempo em ambientes com o ar-condicionado ligado também pode estar exposto aos ácaros. “Os edifícios que climatizam seus ambientes podem levar ao acúmulo de mofo, ácaros, bactérias e até mesmo substâncias radioativas”, afirma o profissional. Para proteger a saúde dos funcionários e das pessoas que circulam pelo local, é preciso limpar os filtros de aparelhos de ar-condicionado com frequência.

É preciso adotar algumas medidas dentro de casa para evitar o contato com esses microrganismos e, assim, prevenir crises asmáticas. Além da troca dos filtros do ar-condicionado, é importante manter cortinas, colchões, travesseiros, roupas de cama, bichos de pelúcia, tapetes sempre limpos e secos. Colocá-los sob a luz do sol de com certa frequência pode ajudar a eliminar os ácaros.

Dr. Ciro Kirchenchtejn é pneumologista formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e atua no Hospital Alemão Oswaldo Cruz em São Paulo. CRM-SP 50579

Foto: Shutterstock

TAGS
alergias-respiratorias
asma
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Asma: Por que ácaros causam crises respiratórias em pacientes asmáticos?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.