Atividade física e reeducação alimentar são importantes contra obesidade


  • +A
  • -A

A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura no corpo, expondo o organismo a maiores riscos de ter doenças cardiovasculares e articulares, diabetes e outros problemas de saúde. Por isso, a obesidade exige cuidados constantes que envolvem a prática frequente de atividades físicas e a reeducação alimentar.

Reeducação alimentar ajuda a emagrecer com alimentação saudável


Dietas hipocalóricas, ou seja, aquelas que reduzem consideravelmente a quantidade de calorias ingeridas, são
úteis no processo de emagrecimento. Mas, segundo a endocrinologista Daniele Zaninelli, para manter o novo peso em longo prazo é preciso mais que uma dieta: “É de fundamental importância passar por um processo de reeducação alimentar”.

A reeducação alimentar é um processo em que um profissional ensina qualquer pessoa a comer de maneira saudável e sem exageros, mas sem deixar de comer o que gosta. “Isso vai garantir um aporte adequado de nutrientes, evitando sintomas como cansaço, fraqueza, alterações de humor e outras complicações à saúde, que muitas vezes fazem com que os pacientes voltem a seus velhos hábitos, recuperando o peso perdido”, afirma a médica.

Emagrecimento não é o único benefício da atividade física em obesos


Já as atividades físicas ajudam a garantir que a quantidade de calorias perdidas seja maior que as consumidas, meta essencial para a perda de peso, mas nem sempre fácil de atingir. “Muitas pessoas contam as calorias gastas em determinada sessão de exercício e ficam desanimadas por pensar que aquelas calorias poderiam ser facilmente recuperadas em um pequeno lanche”, explica a profissional.

Os efeitos das atividades físicas, no entanto, vão muito além da queima de calorias e provocam mudanças na composição corporal que são essenciais para a saúde do corpo, como destaca Daniele: “Sabemos que parte do peso perdido no emagrecimento é de massa muscular e praticar exercícios regularmente em associação à reeducação alimentar ajuda a minimizar essa perda”. Além disso, 70% do gasto metabólico corresponde à taxa metabólica de repouso, que está associada ao conteúdo corporal de massa magra.  

Dra. Daniele Zaninelli é endocrinologista formada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e atua em Curitiba. CRM-PR: 16876

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
atividade-fisica
emagrecer
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Atividade física e reeducação alimentar são importantes contra obesidade"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.