Cuidado com a pele: roupas escuras devem ser evitadas durante dias de Carnaval?


  • +A
  • -A

Com o Carnaval chegando todo mundo já começa a se preparar com antecedência para conseguir curtir ao máximo todos os dias de folia. Esse tempo de organização pessoal para a festa também é importante para se certificar de alguns cuidados, como a escolha da roupa ideal. Não, não se trata de estética, mas de saúde mesmo. Isso porque a cor da vestimenta aliada às altas temperaturas do verão pode gerar efeitos não muito agradáveis.

 

Roupas escuras absorvem mais calor

As roupas escuras possuem a característica de absorver mais calor do que os tecidos tingidos com tonalidades claras. Portanto, se expôr ao sol nos blocos de rua durante o Carnaval com uma blusa preta, por exemplo, não é uma boa ideia. “As roupas mais escuras puxam mais luz solar e, consequentemente, causam mais calor”, explica a dermatologista Gabriella Albuquerque.

Inclusive, o uso de roupas escuras também não é recomendado durante a prática de exercícios físicos, pois como nesta situação o corpo produz mais calor e energia do que o normal para o exterior, o tecido tende a acumula-los. Dessa forma, cria-se uma espécie de “estufa” que, além de ser incômoda pela temperatura elevada em si, pode causar mal-estar.

 

O branco é a escolha mais indicada em roupas para o Carnaval

 

De fato as tonalidades influenciam diretamente no maior ou menor nível de concentração de calor, sendo o preto o grande expoente no que diz respeito a este acúmulo. Em contrapartida, o branco, naturalmente seu extremo oposto, atua como tal inclusive neste aspecto específico. O branco não apenas absorve menos calor como também o reflete.

“A roupa clara absorve menos calor e, portanto, está mais indicada que as escuras para quem for sair em dias de forte sol e calor”, recomenda Gabriella. A médica explica ainda que esses fenômenos de absorção e reflexão de luz e calor não se restringem às cores e tecidos. “Existe poder de reflexão de luz por parte do braço também.”

 

Dra. Gabriella Albuquerque é dermatologista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 71503-4 – http://gabriellaalbuquerque.com.br/

 

Foto: Shutterstock

TAGS
cancer-de-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Cuidado com a pele: roupas escuras devem ser evitadas durante dias de Carnaval?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.