Espremer espinhas pode deixar marcas para sempre na pele?


  • +A
  • -A

Espremer espinhas é uma prática muito comum, até porque, de um modo geral, as pessoas acreditam ser algo inofensivo para melhorar a aparência do corpo. No entanto, engana-se quem pensa desta maneira. Há diversos riscos envolvidos neste hábito. Um deles é a possibilidade de deixar a pele marcada para sempre.

Mexer nas espinhas pode causar cicatrizes


“Espremer as espinhas pode gerar marcas indesejáveis na pele, que incluem tanto manchas temporárias ou mesmo cicatrizes permanentes e de difícil tratamento”, comenta a dermatologista Karina Lopes. Segundo a médica, a manipulação das lesões de acne pode torná-las ainda mais evidentes do que antes.

“Mexer nas espinhas também leva ao aumento da inflamação local, infecção e dano mecânico adicional, que, em conjunto ou isoladamente, podem resultar em cicatrizes”, completa. Além de aumentar as chances de marcas residuais, o ato de espremer espinhas e manipular o rosto pode acarretar em aumento da oleosidade local. Pode-se entender a infecção pelo fato das mãos serem importantes carreadores de bactérias e outros microrganismos.

Formas diversas de tratar a acne


A melhor forma de evitar cicatrizes de acne é tratá-la o mais precocemente possível. Como o tratamento envolve muitas alternativas e depende do grau de lesões e de inflamação de cada paciente, deve ser individualizado para cada caso. “Envolve desde cremes e pomadas até uso de antibióticos orais, tratamento hormonal e outras medicações orais. Lembrando que o uso de protetores solares e produtos específicos para limpar adequadamente a pele deve estar sempre associado”.

Há ainda outros tratamentos complementares que devem ser realizados por profissionais habilitados, como limpeza de pele, peelings químicos e lasers. Por fim, as cicatrizes e manchas residuais devem ser tratadas, de preferência, após controle das espinhas ativas. “Toda essa terapêutica deve ser orientada e guiada por um médico dermatologista levando em consideração as características individuais de cada pele”.

Dra. Karina Lopes é médica formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), graduada em dermatologia pela  Universidade de São Paulo (USP) e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). CRM: 157665

Foto: Shutterstock

TAGS
acne
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Espremer espinhas pode deixar marcas para sempre na pele?"

Kevin Peixoto Pereira

Olá! Tenho meu rosto com muitas marcas de espinhas,por favor me cite um produto que me ajude.Minha pele é muito oleosa também.

Cuidados Pela Vida

Olá Kevin. É difícil indicar um produto sem que você faça um exame dermatológico. O ideal é que você procure um dermatologista para que ele te indique o melhor tratamento.
Abraços

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.

x

Parabéns

Em breve sua revista chegará em sua casa

Percebemos que você gostou do nosso conteúdo. Quer receber nossa revista em casa?

Preencha o formulário com seus dados que enviaremos para você!

* IMPORTANTE: Isso não é uma assinatura. Você receberá apenas esta edição da Revista CUIDADOS PELA VIDA.