O que são os distúrbios de hiperpigmentação da pele?


  • +A
  • -A

Os distúrbios de hiperpigmentação da pele se caracterizam pelo escurecimento da mesma, com o aparecimento de manchas de tonalidades, em geral, variantes do marrom, mas que também podem ser cinzas, pretas ou até mesmo esverdeadas. O quadro se dá pelo fato do corpo produzir em excesso a melanina, pigmento que determina a cor da pele.

“O termo distúrbios de hiperpigmentação da pele é genérico e engloba vários distúrbios da pele. Em todos os casos, o que ocorre é a produção em excesso de melanina (pigmento da pele) ou uma proliferação dos melanócitos (células produtoras de melanina), causando as manchas escuras”, explica a dermatologista Karina Lopes.

Tipos de distúrbios de hiperpigmentação da pele e cuidados com o sol


Segundo a médica, as alterações mais frequentes relacionadas à hiperpigmentação da pele são a hiperpigmentação pós-inflamatória (manchas escuras residuais que resultam de processos inflamatórios variados), o melasma e as melanoses solares (ou manchas senis) induzidas pelo sol.
A exposição solar, pode piorar os efeitos do distúrbio, inclusive.

“Sabe-se que o principal indutor da atividade dos melanócitos e da produção de melanina é a radiação ultravioleta. Por isso, a principal forma de prevenção e peça chave no tratamento dos distúrbios de hiperpigmentação é a proteção solar adequada”. Para isso, deve-se usar filtro solar sempre e proteger bem as áreas com manchas.

Tratando os distúrbios de hiperpigmentação da pele


O tratamento pode ser feito por meio de
medicamentos clareadores de uso tópico e até mesmo opções de antioxidantes orais prescritos pelo dermatologista. “Peelings químicos, lasers e outros procedimentos realizados em consultório dermatológico também são opções terapêuticas. Em casos de lesões pigmentadas suspeitas ou malignas, o tratamento cirúrgico se impõe”.

Dra. Karina Lopes é médica formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), graduada em dermatologia pela  Universidade de São Paulo (USP) e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). CRM: 157665

Foto: Shutterstock

TAGS
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O que são os distúrbios de hiperpigmentação da pele?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.

x

Parabéns

Em breve sua revista chegará em sua casa

Percebemos que você gostou do nosso conteúdo. Quer receber nossa revista em casa?

Preencha o formulário com seus dados que enviaremos para você!

* IMPORTANTE: Isso não é uma assinatura. Você receberá apenas esta edição da Revista CUIDADOS PELA VIDA.