Micose: onde é possível contrair a doença?


  • +A
  • -A

As micoses são infecções causadas por diferentes tipos de fungos e que atingem principalmente a unha, o cabelo e qualquer parte da pele. A transmissão da micose é feita por fômites, que são objetos, como meias e sapatos de pessoas contaminadas, ou por contato direto e existem alguns lugares em que é mais fácil encontrar estes microrganismos transmissores de doenças.

Lugares úmidos são os ambientes preferidos dos fungos que causam micose


“Os fungos se adaptam bem em ambientes úmidos e abafados. Locais como carpetes, banheiros públicos, saunas e beiras de piscina têm maior concentração de fungos”, afirma a dermatologista Gabriela Itimura. Ao circular por esses lugares, é importante não andar descalço e evitar compartilhar toalhas e roupas para
se prevenir da micose.

Alguns grupos de pessoas devem ficar atentos ao desenvolvimento da infecção, como explica a médica: “A predisposição a este tipo de doença parece ter caráter genético e aumenta em diabéticos e imunodeprimidos”. A atenção redobrada também vale para quem trabalha com água, como cozinheiros, lavadeiros, enfermeiros e trabalhadores domésticos.

Calor e umidade dentro dos sapatos favorecem desenvolvimento de micoses


“Usar produtos antissépticos nos pés, revezar e higienizar adequadamente os sapatos e manter os locais secos e limpos são medidas de prevenção”, destaca Gabriela. Evitar permanecer com roupas apertadas e molhadas por muito tempo também é essencial, assim como enxugar
áreas de dobras do corpo adequadamente depois do banho e exigir o uso de materiais de manicure sempre esterilizados ou descartáveis.

Quem notar os sinais e sintomas das micoses, que podem se manifestar por meio de manchas vermelhas ou brancas, coceira e descamação, deve procurar um profissional para iniciar o tratamento. As principais medidas prescritas são usar medicamentos tópicos ou orais antifúngicos, específicos para cada caso, e evitar novas infecções.

Dra. Gabriela Itimura é dermatologista, formada pela Universidade Estadual de Londrina e é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. CRM-PR: 30730 – www.gabrielaitimura.com.br

Foto: Shutterstock

TAGS
micose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Micose: onde é possível contrair a doença?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.