Como os anti-inflamatórios agem no tratamento da dor de garganta?


  • +A
  • -A

A inflamação da garganta é um sintoma comum em diversas doenças e, geralmente, causa dor, inchaço e calor no local. Os anti-inflamatórios, na maioria dos casos, são ideais para aliviar os sintomas. Mas como estes medicamentos agem no tratamento de uma dor de garganta?

 

Quadros inflamatórios sem dor como sintoma praticamente não existem

 

Além de combater a inflamação em si e aliviar a dor, os anti-inflamatórios possuem ainda efeito antipirético, ou seja, reduzem a febre. Para garantir esses efeitos, o remédio atua inibindo duas enzimas (ciclooxigenase e prostaglandina), responsáveis pela inflamação e dor. Caso a dor não diminua com a progressão do tratamento, pode ser necessária uma investigação mais aprofundada. “Deve-se procurar um clínico ou otorrinolaringologista para tentar entender a história clínica do paciente, realizar um exame físico, exames diagnósticos (se necessário) e tratamento”, avalia o infectologista e epidemiologista Bruno Scarpellini.

A dor é um sintoma ligado diretamente à inflamação, ou seja, é muito difícil encontrar um quadro inflamatório no qual o paciente não manifeste esse sintoma. “Toda inflamação tem como características gerais dor, calor, rubor, edema”, explica o médico.

 

Anti-inflamatórios devem ser tomados apenas com prescrição médica

 

O uso indiscriminado dos anti-inflamatórios é um grande problema de saúde pública, já que essa classe de medicamentos é uma das mais auto prescritas pela população, ou seja, sem acompanhamento médico, o que pode trazer riscos. Para evitar possíveis complicações, efeitos colaterais e outros problemas, o ideal é sempre buscar uma consulta com seu médico antes de tomar qualquer medicação.

 

Dr. Bruno Scarpellini é infectologista e epidemiologista, pesquisador e epidemiologista do Laboratório de Retrovirologia da Escola Paulista de Medicina/Unifesp. CRM-RJ: 5271607-3.

Foto: Shutterstock

TAGS
dor-de-garganta
gripe
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Como os anti-inflamatórios agem no tratamento da dor de garganta?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.