O que é angioplastia? Especialista explica como é este procedimento


  • +A
  • -A

Você já ouviu falar na angioplastia? Trata-se de um procedimento não cirúrgico realizado pela primeira vez na década de 1970. Seu objetivo é restaurar o fluxo sanguíneo dificultado pela presença de placas de gordura no sistema circulatório, por meio da desobstrução das artérias coronárias, responsáveis pelo transporte de oxigênio ao coração.

Angioplastia é recomendada para pacientes com dores no peito


O procedimento utiliza cateteres que levam balões ou stents até o vaso lesionado. Lá, essas estruturas aumentam a passagem de sangue e estabilizam a abertura feita, respectivamente. “Usa-se apenas anestesia local e geralmente a punção é feita na virilha ou no braço do paciente, mantendo-o acordado”, explica a cardiologista Bruna Baptistini.

A angioplastia, que é considerada eficiente, é indicada principalmente para pacientes que sentem dor no peito, para aqueles que já sofreram um infarto agudo e que apresentam evidências de isquemia no coração. “Também é recomendada para pacientes com doenças sistêmicas graves e que têm acometimento de várias artérias coronárias e para quem tem um elevado risco cirúrgico ou fatores que limitam o tempo de sobrevida, como portadores de alguns tipos de câncer”, acrescenta a profissional.

Depois que a intervenção é realizada, o paciente é orientado a ficar em repouso absoluto no leito por 12 horas com a perna esticada, no caso da angioplastia realizada na artéria femoral. “Os cuidados incluem um rigoroso acompanhamento feito por um cardiologista, principalmente nos seis primeiros meses depois da procedimento, período em que há chance de nova obstrução”, afirma a médica. O tratamento da hipertensão não costuma sofrer alterações.

Complicações da angioplastia são raras


Entretanto, há algumas contraindicações relativas, semelhantes às do cateterismo. Entre elas estão pessoas com risco de sangramentos excessivos ou obstrução do vaso tratado, portadores da doença difusa das artérias coronárias e problemas relacionados à coagulação sanguínea.

De acordo com Bruna, também há pequeno risco de complicações que vão desde alergia a substâncias ministradas durante o procedimento até AVCs, infartos, arritmia cardíaca, insuficiência renal e oclusão da artéria.

Dra. Bruna Cristina Baptistini é cardiologista formada pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e atua em São Paulo. CRM-SP: 145229

Foto: Shutterstock

TAGS
cardiovascular
circulacao
dor-no-peito

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "O que é angioplastia? Especialista explica como é este procedimento"

Elizeth Gonçalves do Lago

Fiz cineangiocoronariografia pelo braço e fiquei com o braço e a mão direita dormente. Isto é normal? Estou preocupada. Me de uma resposta por favor.

Cuidados Pela Vida

Olá Elizeth, precisamos saber mais detalhes sobre o seu caso para poder te ajudar. O nosso serviço de teleorientação pode te ajudar com mais propriedade. O número é o 0300-188-1006. O serviço funciona 24h por dia.
Abraços

Jussara marconfes

Ola!eu nao fumo e nem bebo nao sou obesa e nem hipertensa porem sou muito nervosa e vivo stressada.e de uns dias pra cá tenho sentido dor no meio das costas mais pro lado esquerdo e dor no queixo e mandibula eu posso estar infartando?gostaria de saber tbem que só o stress é capaz de lesar o coraçao ?e se for o que devo fazer?obrigada

Cuidados Pela Vida

Olá Jussara, pelo que você nos descreveu, possivelmente são sintomas de estresse. Procure mudar sua rotina e procurar alternativas para descansar mais sua mente. Também recomendo que você passe por uma avaliação médica para avaliar seu caso. Abraços

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.