A vitamina D pode ser obtida apenas pela alimentação?


  • +A
  • -A

Apesar de existirem diversos alimentos ricos em vitamina D, a quantidade presente nessas fontes não é suficiente para as demandas do organismo. O ideal é que os indivíduos recorram à principal fonte dessa vitamina, que são os raios ultravioletas do tipo B (UVB). Em outras palavras, devem buscar o contato com o sol.

“A exposição ao sol também fornece vitamina D para o nosso organismo, por meio dos raios ultravioleta B, e deve ser priorizada”, afirma a nutricionista Adriana Ávila. Todavia, isso não significa que a obtenção do nutriente por meio da dieta deve ser deixada de lado. Pelo contrário, deve ser estimulada, servindo de complemento para a oferta necessária a toda pessoa.

Buscar a vitamina D na alimentação é necessário


Na prática, a vitamina D obtida na alimentação acaba sendo mais do que apenas um complemento, visto que a
maioria das pessoas não consegue tempo em suas rotinas para se expor ao sol de forma adequada. Idealmente, deve-se tomar sol todos os dias de 15 a 20 minutos sem protetor solar, com braços e pernas descobertos (quanto mais pele exposta, maior a quantidade de vitamina D absorvida).     

Essa dificuldade que as pessoas encontram em tomar sol durante o dia a dia acaba fazendo com que a alimentação ganhe mais importância na obtenção da vitamina D. Nesse sentido, vale destacar os alimentos com maior concentração do nutriente, que são os de origem animal: peixes (salmão, sardinha, atum), ovos, leite, queijos, bife de fígado e cogumelos. “O que se observa é que muitas pessoas não tomam as quantidades corretas de laticínios diariamente, por isso devemos completar com os peixes ou ovos e os cogumelos em geral”.

Oferta de vitamina D pelo sol é muito maior do que na alimentação


Contudo, mesmo uma dieta recheada de alimentos ricos em vitamina D não satisfaz as demandas do nutriente feitas pelo corpo. Para se ter uma ideia, o salmão, que é o alimento com maior quantidade de vitamina D, conta com menos de 7% das necessidades diárias da substância, em uma porção de 100g. Já o sol é responsável por até 90% da vitamina que o corpo recebe. Por isso, é válido
investir todos os dias um tempo para pegar sol. Caso sua rotina pesada não permita um intervalo nem para os raios solares, uma alternativa interessante, se receitada pelo seu médico, é a suplementação da vitamina D.

Dra. Adriana Ávila é formada pelo Centro Universitário São Camilo e atua em São Paulo. CRN-SP: 3-2816.

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
ossos
suplementos
vitamina-d

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "A vitamina D pode ser obtida apenas pela alimentação?"

candida maria guimaraes sales da silva goncalves

eu tenho ostoporose falta de vitamina d3 vitamina b12 e anemia preciso de maiores informacao muito bom participar voceis estao de parabens

Cuidados Pela Vida

Olá Candida, é muito importante que você tenha uma alimentação saudável e balanceada para que as necessidades reais do seu organismo sejam sempre atendidas. É importante que você faça um acompanhamento médico para que ele te indique o melhor tratamento. Abraços

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.