A flatulência em excesso pode ser sinal de algum problema de saúde mais grave


  • +A
  • -A

A eliminação de gases em excesso é um prato cheio para piadas, mas além de provocar mau cheiro, é capaz de causar constrangimento em algumas pessoas. Apesar disso, a gastroenterologista Amanda Buchmann tem uma boa notícia para quem convive com este problema. “Embora a passagem excessiva de flatos ou seu mau cheiro possa ser uma fonte de embaraço para o paciente, raramente é associada a uma doença grave”, explica a médica.

 

Parasitoses e crescimento de bactérias podem provocar excesso de gases

 


Entretanto, é sempre importante ficar atento a alguns sinais capazes de indicar que algo está errado. “Devemos suspeitar de alguma doença quando há
febre, perda de peso não explicada, dores abdominais associadas a fezes escuras e mal cheirosas e diarreia por mais de cinco dias“, explica a médica. Diante desses sintomas, é preciso procurar um clínico geral ou gastroenterologista rapidamente.

Entre os problemas que provocam a flatulência em excesso está a intolerância à lactose, substância encontrada no leite e em produtos derivados. A presença de parasitas no intestino, como a giárdia, dificulta a absorção dos alimentos e também pode aumentar a produção de gases. Cirurgias, crescimento exagerado de bactérias e condições como a síndrome do intestino irritável e gastroenterite também são fatores que devem ser considerados.

 

Forte cheiro dos gases é causado por alimentos com enxofre

 


Já para o forte cheiro dos gases, a explicação está na alimentação: “O odor ofensivo, quando presente, pode ser resultado de compostos contendo enxofre, tais como metanotiol, sulfureto de dimetilo e sulfureto de hidrogênio, bem como ácidos graxos de cadeia curta, indóis, aminas voláteis e amônia”, diz a especialista.
Leite, cebola e alho são alguns exemplos.

Existem algumas formas de prevenir e tratar o excesso de flatulência. “Limitar a ingestão de alimentos conhecidos como produtores de gás, como repolho, brócolis, trigo e batata, deve ser recomendado como início à terapia. Medicamentos que fazem com que as bolhas de gás quebrem e se dissolvam são amplamente utilizados”, recomenda a especialista. Já se há suspeita de supercrescimento bacteriano, é possível recorrer ao tratamento com antibióticos. 

 

Dra. Amanda Buchmann é gastroenterologista do Setor de Gastro-hepatologia do Hospital Federal dos Servidores do Estado e atende no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 52918555

 

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
gases

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

7 comentários para "A flatulência em excesso pode ser sinal de algum problema de saúde mais grave"

Ademar

Boa tardeTenho tantas gases que as vezes o coracao acelera, aumenta muito os batimentos, desconforto no peito.O que devo fazer

Cesar Higashijima

Ademar, o excesso de gases muitas vezes pode estar relacionado a sua alimentação. O ideal é que você procure um médico gastroenterologista para que ele possa avaliar o seu caso. Abraços

Jozia benedito

E nao tomo leite frutas ,nem mesmo fruta ,carne com frequencia devido minhas condicoes salariais.nao consumo acucar nem adocante por opcao, nem mesmo fritura …..mas em conpensacao eu passo o tempo todo com gasez e e ja esta ficando constrangedor por que sai sem eu sentir …e percebi que passei de 89quilos para 61quilos ..mas achei que foi por causa da eliminCao da fritura ,manteiga e acucar nso sinto vontadr de consumilps …me ajude por favor..

Elisabete silva

Tenho muitos gases sinto muita dor no abdmem chego a desmaiar d dor cresce um caroço do lado do umbigo lado esquerdo o medico diz q meu intestino fermenta por isto o caroço é muita do quando a caroço some a dor tbm os médicos dizem q tenho muito gases

Cuidados Pela Vida

Olá Elizabete. O Excesso de gases realmente gera muito desconforto. Seu médico receitou alguma medicação? Abraços.

Cristiana

Tenho muito gases na boca do estômago as vezes nem consigo respirar . meu abdômen fica bem estendido.

socorro vidal

Sofro com gases desde os 20 anos(hoje tenho 47) È muito dolorido,trava a mandíbula e não consigo falar.Só melhoro quando arroto.Depois de muitos anos de desconforto e medo(no inicio eu achava que era ataque cardíaco)conheci um médico que me receitou Mylicon todos os dias.melhorei bastante.Mas o que fazer pra evitar as crises???

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.