Por que e como os gases da digestão são formados? Qual é a explicação?


  • +A
  • -A

Os gases são formados a partir da digestão dos alimentos ingeridos. Eles são fermentados quando absorvidos pelas bactérias da flora intestinal para serem posteriormente liberados. A quantidade de gases que um indivíduo possui no intestino varia entre 100 e 200ml e o número de eliminações diárias é de cerca de 20 vezes.

Dieta balanceada ajuda a reduzir produção de gases


O tipo dos alimentos ingeridos será determinante para a maior ou menor produção de gases e por isso mesmo uma dieta regrada e bem orientada por um profissional especializado pode ser a chave para evitar o excesso de gases e os incômodos decorrentes dele. Fortes dores no abdômen e no tórax são comuns em quem sofre com o acúmulo de gases.

Como a maior ou menor capacidade de digerir alimentos é uma tendência hereditária, não há como mudar a natureza da formação dos gases no organismo. Contudo, hábitos alimentares saudáveis podem amenizar o problema. Fibras e frutas são essenciais para melhorar a digestão. Cereais, folhas, verduras e frutas como laranja, manga, tomate e caqui são boas opções.

Gases, doenças e medicamentos


O acúmulo de gases também pode ser causado por doenças do sistema digestório. “A atrofia da mucosa intestinal na doença celíaca (intolerância a glúten), doenças inflamatórias intestinais e o excesso de bactérias intestinais, chamada de supercrescimento bacteriano, são alguns exemplos”, comenta o gastroenterologista Stéfano Gonçalves Jorge. “Nos últimos anos estamos aprendendo muito sobre a flora intestinal, e como algumas pessoas podem ter uma flora composta de bactérias que produzem mais gases ou causam doenças”, completa.

O profissional explica ainda que alguns medicamentos podem ser utilizados para reduzir os sintomas do excesso de flatulência, reduzindo a formação de bolhas e facilitando a eliminação dos gases. “Nos portadores de intolerância à lactose, por exemplo, o uso de lactase, uma enzima tomada junto com derivados de leite, diminui a deficiência na absorção”.

Dr. Stéfano Gonçalves Jorge é gastroenterologista formado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atua no Centro Clínico Castelo e no Hepcentro. CRM-SP: 88173

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
gases

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que e como os gases da digestão são formados? Qual é a explicação?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.