Qual é o tratamento para quem sofre com o cotovelo de tenista?


  • +A
  • -A

As lesões mais comuns em tenistas são aquelas que ocorrem no cotovelo e justamente por isso existe o termo cotovelo de tenista. Este quadro acomete não apenas os praticantes desta modalidade esportiva, mas também todos aqueles que costumam realizar movimentos repetitivos com os braços e pulsos.

O cotovelo de tenista é o nome vulgar para epicondilite lateral de cotovelo. Menos de 5% dos portadores desse problema realmente jogam tênis”, informa o ortopedista Guilherme Maretti. A dor é o principal sintoma do problema e se manifesta, mais especificamente, na parte externa do cotovelo, por vezes no antebraço e no pulso.

 

Tratamento, prevenção e origem do cotovelo de tenista

 


O tratamento do cotovelo de tenista se baseia em repouso, uso de analgésico e fisioterapia. Casos graves podem exigir cirurgia. Junto do repouso, a aplicação de gelo também é bem-vinda.
Analgésicos e antiinflamatórios são usados para amenizar a dor. Já a fisioterapia promove o alongamento e o fortalecimento dos músculos, especialmente os do antebraço. “Para prevenir o surgimento, deve-se manter rotina de exercícios físicos e alongamentos”, completa Maretti.

Esta condição se origina nos tendões locais, quando estes já estão sobrecarregados em função da repetição de movimentos de braço e punho. “É um processo degenerativo (tendinopatia) na origem do tendão extensor radial curto do carpo que ocorre devido a movimentos repetitivos e esforços além do limite do tecido. Faz parte da categoria LER (lesão por esforço repetitivo)”, explica o especialista.

 

Sintomas do cotovelo de tenista

 


Outros sinais do cotovelo de tenista, além da dor, podem ser a fadiga, fraqueza muscular, inchaço e sensibilidade. É possível que o paciente apresente dificuldade para realizar ações simples, como apertar as mãos, segurar objetos, digitar e escrever. “
Os sintomas são basicamente dor bem localizada no epicôndilo lateral do cotovelo, com aumento do esforço e limitação funcional”.

 

Dr. Guilherme Maretti Franco de Campos é ortopedista formado pela Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES) e atua em Mogi Mirim (SP). CRM-SP: 135610

 

Foto: Shutterstock

TAGS
artrite
dores-no-corpo
ossos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Qual é o tratamento para quem sofre com o cotovelo de tenista?"

Neusa

Tenho epondilite e não estou tomando nenhum medicamento e estou com dor local qual medicamento posso tomar para aliviar ou curar a epondilite.Obrigado

Cuidados Pela Vida

Olá Neusa, devido a recomendação da Anvisa não podemos receitar nenhum medicamento.

MARA

Eu tenho problema com artrose, estou conseguindo passar quase sem dor tomando ARTOLIVE 500 mg, mas nem todos podem tomar, tem q ter acompanhamento médico.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.