Quais são as principais fontes de zinco na alimentação?


  • +A
  • -A

O zinco pode ser encontrado em diversos tipos de alimentos, sendo que aqueles de origem animal são as principais fontes do mineral. “Ostras, carnes vermelhas magras, iogurtes e cereais enriquecidos com zinco são alguns exemplos”, comenta a nutricionista Daniella Chein. Camarão, frango, peixe, fígado, castanhas, nozes, aveia, sementes de abóbora, amêndoa e legumes também são ricos em zinco.

Benefícios do zinco no organismo


A presença do zinco na alimentação traz uma série de benefícios, ligados, principalmente, ao sistema imunológico. O nutriente contribui para deixar o organismo mais protegido e forte para combater doenças provocadas por vírus, fungos e bactérias. “O zinco é necessário para a diferenciação das células do sistema imunológico. Ele diferencia os linfócitos que percebem o invasor em células que o atacam e eliminam”.

Segundo a especialista, o zinco é importante também para evitar o desenvolvimento de algumas doenças, como diabetes e osteoporose. O nutriente ajuda ainda a prevenir o câncer, visto que é antioxidante, ou seja, diminui no corpo a quantidade de radicais livres. Essas moléculas afetam negativamente as funções das células, aumentando as chances de surgirem diferentes tipos de câncer.

Perigos da falta e do excesso de zinco


A falta de zinco no organismo, naturalmente, resulta em uma imunidade baixa, o que aumenta as chances de se desenvolver uma série de doenças infecciosas. Além disso, causa dificuldade de cicatrização, queda de cabelo, alteração na sensibilidade dos sabores, desenvolvimento ruim em crianças, aumento do nível de glicose no sangue, problemas de pele e mau funcionamento do fígado.    

Por mais que o zinco seja essencial, seu consumo em excesso pode ser ruim. Isso porque quando a quantidade de zinco na corrente sanguínea está muito grande, a concentração de cobre diminui. A deficiência deste outro mineral gera sintomas como diarreia, enjoo, vômitos frequentes e sonolência. Também por isso a suplementação só deve ocorrer sob supervisão médica. “Deve haver suplementação apenas quando a necessidade não é suprida através da alimentação”.

Dra. Daniella Chein é nutricionista, formada em Nutrição Clínica pelo Centro Universitário Bennett e atua no Rio de Janeiro. CRN-RJ: 2003100646

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
zinco

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são as principais fontes de zinco na alimentação?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.

x

Parabéns

Em breve sua revista chegará em sua casa

Percebemos que você gostou do nosso conteúdo. Quer receber nossa revista em casa?

Preencha o formulário com seus dados que enviaremos para você!

* IMPORTANTE: Isso não é uma assinatura. Você receberá apenas esta edição da Revista CUIDADOS PELA VIDA.