Entenda como uma dieta rica em fibras pode ajudar no controle das hemorroidas


  • +A
  • -A

O plexo hemorroidário é um conjunto de veias, que na verdade constituem  uma estrutura natural do corpo muito importante para o fechamento do canal anal, continência fecal e discriminação entre sólidos e líquidos. A hemorroida é a dilatação varicosa dessas veias anorretais, que ocorre devido à pressão venosa persistentemente elevada no plexo hemorroidário, constituindo um quadro chamado doença hemorroidária. Alguns hábitos podem ser extremamente nocivos e levam ao surgimento da doença, como uma alimentação pobre em fibras.

Reavaliar as condutas do dia a dia

A nutricionista Patricia Rodrigues conta que o primeiro passo é reavaliar algumas condutas da sua rotina: “Respeitar os movimentos intestinais mesmo fora de casa; a inibição da contração é um fator que pode ser a causa da prisão de ventre crônica; verificar se está bebendo água diariamente, pois o líquido é responsável por hidratar e amolecer as fezes, facilitando sua eliminação; e praticar exercícios leves, como uma caminhada, já melhora a circulação sanguínea e estimula os movimentos intestinais”, explica.

 

Reavaliar a alimentação

Segundo a profissional, uma das principais causas da doença é a constipação intestinal crônica, ou seja, a prisão de ventre. O esforço feito na evacuação causa a inflamação dos vasos sanguíneos da região anal. Por isso, após ajustar as rotinas com hábitos mais saudáveis, existem alimentos e fitoterápicos que auxiliam no tratamento. “As fibras presentes em verduras, legumes, frutas e cereais (farelo de aveia, semente de chia, semente de linhaça, quinoa em flocos, amaranto) são responsáveis pela absorção de água no bolo fecal, tornando-o mais pastoso, consequentemente facilitando sua eliminação”, explica.

Outros alimentos como aveia, ameixa seca, biomassa de banana verde, probióticos (tipo de suplemento), psyllium (fibra extraída de uma planta), semente de chia, linhaça dourada e castanha-da-índia são alimentos que também podem ser inseridos na dieta. Por outro lado, pessoas que sofrem com a doença hemorroidária devem evitar o consumo de outros. “Alimentos picantes, álcool, cafeína (café, mate, chá verde, bebida a base de cola) e condimentos muito fortes. O contato com a ferida pode causar irritação e aumentar a dor durante a evacuação”, finaliza.

 

Dra. Patricia Rodrigues é graduada em gastronomia & culinária e nutrição e pós-graduada em nutrição clínica. CRN4: 11101136

TAGS
alimentacao
dieta
hemorroidas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Entenda como uma dieta rica em fibras pode ajudar no controle das hemorroidas"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.