Quais os benefícios do ômega-3 para a saúde do coração?


  • +A
  • -A

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil e representam cerca de 29% dos óbitos no país. Um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que, em poucos anos, o Brasil subirá para primeiro no ranking mundial desse tipo de morte. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia, mais de 300 mil brasileiros morrem todos os anos em decorrência dessas doenças, com cerca de 350 mil óbitos só em 2016.

Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares, destacam-se o tabagismo, consumo abusivo de álcool, sedentarismo ou prática de atividade física insuficiente e má alimentação. Portanto, a mudança de estilo de vida é fundamental e deve começar logo com a dieta, apostando no consumo de nutrientes benéficos para a saúde do coração, como o ômega-3.

Benefícios do ômega-3 para a saúde do coração


O ômega-3 é uma gordura poli-insaturada da família dos ácidos graxos, conhecido por contribuir na manutenção da saúde do coração e também do cérebro. As substâncias do ômega-3 responsáveis pelo seu efeito benéfico para a saúde por meio do auxílio na manutenção dos níveis saudáveis de triglicerídeos são os ácidos 
eicosapenta­enoico (EPA) e docosahexaenoico (DHA). Esses ácidos graxos são considerados essenciais para o organismo, pois nós não conseguimos produzi-los.

Considerada a principal gordura originária da alimentação, os triglicerídeos são a forma de armazenamento de energia dos carboidratos e proteínas ingeridas em excesso. Níveis altos de triglicerídeos no sangue elevam o risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

“O ômega-3 exerce inúmeros efeitos sobre diferentes aspectos fisiológicos e metabólicos relacionados ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares“, informa o cardiologista Rubens Mattar Jr. Alguns exemplos desses efeitos, segundo o médico, são a diminuição da pressão arterial e a melhora da função antiarrítmica, ou seja, da frequência dos batimentos do coração.

Onde podemos encontrar o ômega-3?


As principais fontes de ômega-3 são de origem de animal, especialmente em peixes de mar, de águas profundas e frias. Salmão, bacalhau, sardinha, cavalinha e atum são alguns exemplos.

Entretanto, o consumo desses alimentos no Brasil está abaixo dos 12 quilos por pessoa ao ano recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Enquanto japoneses e portugueses comem mais de 50 quilos por ano e a média mundial está em torno dos 16 quilos, os brasileiros consomem apenas 8,9 kg/ano. Para controlar os níveis de triglicerídeos, além de uma dieta adequada, evitando o excesso de carboidratos, e da prática regular de atividade física, devem ser ingeridos alimentos ricos em ômega 3, e uma alternativa para se obter os seus benefícios é optar pela ingestão de um suplemento com alta concentração de ômega-3 (EPA e DHA) por cápsula. Consulte um profissional de saúde.

Dr. Rubens Mattar Júnior é cardiologista, graduado pela Faculdade de Medicina de Uberlândia (MG) e atende em São Paulo. CRM-SP: 30054

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
cardiovascular
colesterol
coracao
nutricao
suplementos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais os benefícios do ômega-3 para a saúde do coração?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.